segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

As vantagens de Exportar

Podemos perceber que atualmente as vantagens de exportar têm aumentado cada vez mais. Passamos a encarar o mercado mundial como um campo de prova onde temos que estar atentos as mudanças dos mercados, as oportunidades que surgem para aquelas empresas que já atuam ou que venham a atuar. Algumas vantagens que a atividade exportadora oferece às empresas podem ser a maior produtividade, utilização da capacidade ociosa da empresa e aperfeiçoamento dos seus processos produtivos. A empresa poderá também diminuir o custo de seus produtos, tornando-os mais competitivos e aumentando sua margem de lucro.

O aumento da capacidade inovadora, aperfeiçoamento dos processos industriais e os incentivos fiscais de que dispomos como as imunidades de vários impostos à exportação de produtos industrializados, por exemplo: ICMS (CF/88, art. 155, §2º, X, a), IPI (CF/88, art. 153, § 3º, inciso III), são outras vantagens importantes para quem decide exportar.

Além dos motivos que recomendam essa decisão, como o aumento das receitas operacionais principalmente, algumas dessas razões são as características e peculiaridade de cada empresa, como: melhorias financeiras, marketing e status, qualidade e operacionalidade, redução de instabilidade e diluição de risco, ampliação de mercado e economia de escala e importação de tecnologia oculta.

*www.portaltributario.com.br. Júlio César Zanluca (11/02/2010).

*Ministério de Relações Exteriores. Exportação Passo a Passo MRE, 2004).

Por: Aline dos Santos - Consultora Júnior - Departamento Comercial

Acadêmica do 5º Período de Comércio Exterior - UNIVALI

Um comentário:

Anônimo disse...

Párabens Aline,
muito bom seu artigo!